La “Hora da Gymnastica”: la radio gimnasia en el programa del gobierno de Getúlio Vargas (1930-1945)

Ariza Maria ROCHA

Resumen


Este texto busca reflexionar sobre la enseñanza de la gimnasia a través de la radio durante el gobierno de Getúlio Vargas (1930-1945) en Brasil. Se trata de un estudio documental, basado en la obra de Carvalho (1994) y en publicaciones del periódico O Estado de S. Paulo, con el propósito de analizar las programaciones radiofónicas, sobre todo las transmitidas por la “Hora da Gymnastica” y la “Hora da Saúde”. El fenómeno de las clases de gimnasia por la radio irrumpió en 1932, durante el gobierno del entonces presidente Getúlio Vargas, práctica pionera que conquistó muchos adeptos y audiencia radiofónica, manteniéndose hasta 1983. Su legado para los radio gimnastas y para la educación brasileña es inmenso, especialmente para la Educación Física.


Palabras clave


Gimnasia; radio; Estado Novo.

Texto completo:

PDF (Português )

Referencias


Aguilar Filho, S. (2011). Educação, autoritarismo e eugenia: exploração do trabalho e violência à infância desamparada no Brasil (1930-1945). Campinas: Unicamp.

Almeida, A., & Micelli, M. (2004). Rádio e futebol: gritos de gol de Norte a Sul. Em II Encontro Nacional da Rede Alfredo de Carvalho. Anais. Florianópolis.

Assumpção, Z. A. (2003). O rádio ontem e hoje: promotor de educação e de cultura. Em I Encontro Nacional da Rede Alfredo de Carvalho. Anais. Rio de Janeiro.

Aula de ginástica com o professor Oswaldo Diniz. (2016). Áudio produzido pela Rádio Nacional. Adicionado em 25 nov. 2016. Recuperado de [http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=24705]. Consultado [18-04-2018].

Azevedo, L. C. (1996). Na sintonia do tempo: uma leitura do cotidiano através da produção ficcional radiofônica (1940-1946). Dissertação de mestrado, Universidade Federal Fluminense, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.

Carvalho, S. (1994). Hora da ginástica: resgate da obra do professor Oswaldo Diniz Magalhães. Santa Maria: UFSM.

Constituição dos Estados Unidos do Brasil (1937). Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, Brasil.

Decreto n. 21.111, de 1º de março de 1932 (1932). Aprova o regulamento para a execução dos serviços de radiocomunicação no território nacional. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, Brasil.

Decreto nº 20.047, de 27 de maio de 1931 (1931). Regula a execução dos serviços de radiocomunicações no território nacional. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, Brasil.

Decreto-Lei n. 1.545, de 25 de agosto de 1939 (1939). Dispõe sobre a adaptação ao meio nacional dos brasileiros descendentes de estrangeiros. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, Brasil.

Ferreira, A. P. (2013). A invenção do rádio: um importante instrumento no contexto da disseminação da informação e do entretenimento. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, 1-17.

Fonseca, C. M. O. (2007). Saúde no governo Vargas (1930-1945): dualidade institucional de um bem público. Rio de Janeiro: Fiocruz.

Góis Junior, E., & Garcia, A. B. (2011). A eugenia em periódicos da Educação Física Brasileira (1930-1940). Revista da Educação Física, 247-252. - https://doi.org/10.4025/reveducfis.v22i2.9908

Hochman, G. (2005). Reformas, instituições e políticas de saúde no Brasil (1930-1945). Educar, 127-141. - https://doi.org/10.1590/0104-4060.370

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep (2003). Mapa do analfabetismo no Brasil. Brasília: MEC.

Jambeiro, O. et al. (2004). Tempos de Vargas: o rádio e o controle da informação. Salvador: UFBA. - https://doi.org/10.7476/9788523212414

Lima, D. M., & Sá, N. T. (Org.) (2008). Antropologia brasiliana: ciência e educação na obra de Edgard Roquette. Belo Horizonte: UFMG; Rio de Janeiro: Fiocruz.

Melo, V. A. (2007). A Educação Física e o Estado Novo (1937-1945): a Escola Nacional de Educação Física e Desportos. EFDeportes. Recuperado de [https://www.efdeportes.com/efd115/a-educacao-fisica-e-o-estado-novo.htm].

Menino 23 (Filme). Belisario Franca (Dir.). Site oficial [http://www.menino23.com.br].

O Estado de S. Paulo (1889-1960). Acervo. Recuperado de: [http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/1916092613790nac 00049994not/busca/alimenta%c3%a7%c3%a3o+gymnastic%c3%a1]. Consultado [13-02-2015].

Parada, M. (2005). Corpo e poder: a criação do Departamento de Educação Física do Ministério da Educação e Saúde (1937/1945). Em XXIII Simpósio Nacional de História. Anais. Londrina: Mídia.

Paschoal, F. J. (2007). Getúlio Vargas e o DIP: a consolidação do "marketing político" e da propaganda no Brasil. Em I Colóquio do Laboratório de História Econômica e Social. Anais. Juiz de Fora: UFJF.

Romero, M. H. C. (2014). Universidade do Ar: em foco a primeira iniciativa de formação de professores secundaristas via rádio no Estado Novo (1941-1944). Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil.

Silva, D. H. (2004). 80 anos do rádio no Brasil: o papel educativo-cultural da Rádio MEC. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil.

Silva, R. A. (2017). A criação do Ministério da Educação e Saúde Pública no Brasil. Trilhas Pedagógicas, 291-304.

Vaz Filho, P. S. (2009). A história do rádio brasileiro na perspectiva dos jornais e revistas do século XX. Dissertação de mestrado, Faculdade Cásper Líbero, São Paulo, Brasil.




DOI: http://dx.doi.org/10.14201/reb20196126778

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.